Carlinhos Vergueiro – Cúmulo do Samba

tercasmusicadas-carlinhosvergueiro

Ao contrário do que dizia Vinícius de Moraes, quando brincava que São Paulo era “o túmulo do samba”, a cidade é berço de grandes compositores. Nomes como Adoniran Barbosa e Paulo Vanzolini,
são reconhecidos por suas composições tão populares, interpretadas por ilustres artistas ou simplesmente cantadas nas ruas como se fossem nossas próprias palavras.

Os sambas de Adoniran Barbosa são muitas vezes lembrados pelo tipo de humor peculiar que ele criou, o que é algo curioso, pois tratavam quase sempre de situações tristes, melancólicas. Era
capaz de traçar sofisticados retratos sociais, trazendo personagens inspirados no cotidiano popular da cidade de São Paulo, que ele conhecia como poucos. Um caricaturista do samba – definição carinhosa cunhada por Paulo Vanzolini, outro genial compositor, que eternizou a alma paulista em suas canções.

Nascido no bairro da Bela Vista e eternamente influenciado pelas ruas da cidade, onde teve a chance de conhecer, compor e conviver com muitos artistas de São Paulo, o cantor e compositor paulista Carlinhos Vergueiro homenageou esses dois amigos nos discos “Paulo Poeta Compositor Cientista Boêmio Vanzolini”, e “Dá licença de contar”, interpretando com muita intimidade as canções que fizeram parte da sua própria história, como Torresmo à Milanesa, parceria de Carlinhos e Adoniran. Outra preciosidade, Geraldo Filme teve o único disco de sua carreira produzido por Vergueiro.